Cinematic

Prestem atenção nesse nome… Cinematic vai fazer verão nesta temporada e muitas vezes as imagens falam mais do que as palavras, no caso de Desfile de Moda então…

A passarela espacial da Tufi Duek

O Clássico Desfile Huis Clos

Backstage Faroeste da Cavaleira

Muitas novidades nesse começo de ano né?! O Flamboyant Fashion Blog está adorando fazer a diferença nas suas Férias!!!  =D

Fonte: Assessoria de Comunicação do Flamboyant
Fotos: Lises Lopes

É dia de que? De saudade

Te extraño em espanhol, J’ai regret em francês, Ich vermisse dish em alemão, Watashi wa koishii em japonês e I miss you em inglês.

Mas encher a boca pra falar SAUDADE, só por aqui. Só a gente tem!

Em uma segunda-feira como hoje quando alguém fala sobre saudade, imagino que a saudade mais eminente seja do fim de semana que passou.

O FFB preparou, no entanto, um post pra mostrar quem ou o que deixou saudade no ano que passou.

Vem com a gente?

Steve Jobs

Pouca gente despertou tantos sentimentos positivos e negativos ao mesmo tempo.

Enquanto era amado, odiado, adorado e temido;  sua empresa criava gadgets revolucionários e dominava o mundo da tecnologia.

Amy Winehouse

Aos 27 anos e no auge da carreira, Amy deixou este mundo.

Deixou um elogiado CD de pop-jazz, músicas que contavam seus problemas e fraquezas e saudade daquela voz cheia de soul.

O lindo ator galês, Andy Whitfield, mais conhecido por seu papel na série Spartacus morreu aos 40 anos.

Elizabeth Taylor

A eterna Cleopatra, dona do par de olhos violetas mais famosos do mundo e reconhecida atriz; morreu aos 79 anos.

Deixou saudade e uma coleção de jóias pra princesa nenhuma botar defeito.

Sócrates

O jogador-doutor e  ídolo do futebol brasileiro morreu aos 57 anos.

Não será esquecido pelos fãs do esporte.

A saga Harry Potter

Sabíamos que um dia este dia chegaria.

Os fãs do bruxinho ficaram desolados com o final da história no cinema.

Pra quem é fã, vai deixar saudade.

Agora passamos a bola pra você. O que mais deixou saudade no último ano?

Fonte: Assessoria de Comunicação do Flamboyant
Fotos: Divulgação

Huis Confort

Conforto e elasticidade deram a tônica da passarela do Huis Clos, reza a lenda nos backstages que foi o desfile mais elogiado e coeso das semanas de Moda Brasileira, o que mostra que nem sempre precisa se levar tudo para o combate, às vezes o melhor trunfo que se tem é a simplicidade, isso tudo sem perder a feminilidade!

A Designer Sara Kawasaki jogou todas as suas fichas nas composições de jersey, malharia e veludo que é a bola da vez, lãs, aplicações românticas e renda construíram o sucesso da coleção.

As releituras dos anos 20 se traduziram nos vestidos e nas peças pijamas… tudo hiper mega confort plus!

Cartela begezinha, com cores discretas destaque para o poderoso verde-água da caixinha de lápis de cor da Faber Castel e o Burgundy que é o nome metido a besta do Vermelho Escuro ou Vinho!

Acabamentos a laser e silhuetas mais soltinhas fizeram o shape do vestido dos meus sonhos… Esse verdinho me deixou de cama!

As camisas, hot pants (pantalonas) e os macacões molinhos correram contra a linha do verão e voltam sim para o inverno…

Blogueiras e personalidades do mundo da moda anotando tudo…

Bom eu já ando tendo pesadelos com essas novidades e vocês?

Fonte: Assessoria de Comunicação do Flamboyant
Fotos: Lises Lopes

Foguete Duek

O desfile do Tufi Duek teve uma pegada totalmente futurista, limpa e clássica, na verdade nos anos 90 quando comecei a cursar o curso de Designer de Moda, ela tinha característica clean, o advento da internet estava apenas começando, pouco se sabia sobre Google, Apple, para vocês terem uma idéia a internet era discada com direito a barulhinho e tudo mais!

Lembro-me da percursora Fórum, apresentar na época coleções totalmente begezinhas, pretas e brancas e o que se tornou o todo poderoso John Galliano, tocou fogo no circo com desfiles que pareciam mais uma arena espetaculosa… Isso foi revolucionário!

A atriz Taína Müller assistiu o desfile da Tufi na primeira fila e considerou que a coleção “este ano simbolicamente, é de mudanças e as roupas que foram apresentadas apontam para um novo caminho da moda” ou ao um revival contemporâneo podemos afirmar!

A passarela de Tufi Duek trouxe versatilidade, Eduardo Pombal partiu rumo ao espaço em busca de inspirações cadentes das estrelas e criou um universo histórico e sexy, foguetes inspiraram os looks, manguinha arredondada e volumes nas barras!

Paetês, fios metalizados e aplicações com diferentes texturas foram aplicadas às silhuetas de recortes arredondados, viés em couro (isso já “é” o acabamento das roupas de inverno de 2012) anotem na agendinha!


A grande sacada está na própria construção da silhueta, inspirada nos foguetes, que alongam as formas da mulher, deixam ombros arredondados e trazem leves volumes para as barras.

Vestidos mídis novamente, de guipir com aplicações de película acobreadas, mostram uma nova forma de enxergar o futuro com delicadeza.

Embrulhem um de cada pra mim!!!

Fonte: Assessoria de Comunicação do Flamboyant
Fotos: Lises Lopes

Czar Animal

Desfile animal abriu a temporada de moda Paulista e Brasileira, a chuva torrencial prometida não deu trégua, mas ninguém viu o temporal que caía na Bienal.

O Show prometido pela Animale aconteceu primorosamente com perfeição e jogou nas passarelas Über Models trabalhadas no Glamour, o “Max” do desfile foi a participação de Rosie Huntington Whiteley que trouxe toda sua expertise gabaritada da Victoria’s Secret  e participação em filmes como Transformers. A bela arrasou!!!

A temática Russa e o luxo dos Czares embalaram o inverno 2012, a fria capital de Moscou propôs uma sensualidade geométrica nova, texturas clássicas para uma leitura de roupas contemporâneas.

Atenção: o Veludo de Seda devore, tecido que sempre provoca um experiência sensorial devido seu toque adamascado foi o destaque de muitos desfiles!

Chiffon de seda com lã, tricô, tweed escovado bordados com paetês e cristais, a modelagem coluna agregava uma feminilidade requintada sem muito rococó!

Nas cores o Vermelho também foi notado em vários desfiles, Ouro velho, Pérola, o clássico Preto e o Branco!

Modelagem Pijama inspirados em fardas, vestidos midi (prestem atenção nesse comprimento) de cintura baixa, Blazers e casacos que são sempre clássicos do Inverno!

Fonte: Assessoria de Comunicação do Flamboyant
Fotos: Lises Lopes